Centenário da imigração Japonesa.

A imigração japonesa foi a bordo do vapor Kasato-Maru que, no dia 18 de junho de 1908, aportou em Santos…começando o trajeto de uma história, que hoje…centenária!!!

Comemorando o Centenário da Imigração Japonesa, a Soliarte homenageia com essas lindas peças…

Papéis tela…

 
Guardanapos…

E muitos outros produtos orientais podem ser encontrados em nosso site-

Guardanapos-
http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=4&famil=2&group=151

Papel tela-
http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=4&famil=92&group=151

Papéis-
http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=4&famil=5&group=151

É hora de Bijuterias!!!!

A Soliarte disponibiliza de diversas peças lindas, de beleza incomparável!!!

Servem para todas as ocasiões….

 Para as delicadas….

Para as despojadas….

Para as românticas…

Para as engraçadas…

Para as misteriosas…

 
Para as discretas…

Para todas as ocasiões….pois beleza não tem hora e nem lugar!

Acesse o site da Soliarte- http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=3 e encontre todas as lindas peças que trabalhamos!!!

Seja qual for o seu sonho, comece.
Ousadia tem genialidade, poder e magia.
Goethe, (Poeta alemão)

Trabalho em Decoupage

 

Essa é mais uma linda sugestão para vocês!!!!

Neste trabalho foi utilizado a pintura auto-adesiva da Pintando e Bordando que pode ser encontrada em nosso site (e outras opções também estão disponíveis)

Vejam alguns modelos-

http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=4&famil=34&group=72

A peça de madeira também poderá ser encontrada –

http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=8&famil=36&group=24

Essa peça foi feita por Thete.

Publicação autorizada pela empresa Pintando e Bordando.

Botando a mão na massa

É bom falar sobre comida e melhor ainda botar a mão na massa. Fazer um pão é uma arte, amassar a massa uma terapia, e a escolha dos ingredientes um passo para a saúde. Não precisa comer pão toda hora, mas comer um feito em casa é muito bom. E de vez em quando um pãozinho de padaria bem feito vai muito bem.

Com exclusividade vou revelar a receita do Pão do Jota:

  • 3 copos de farinha branca;
  • 2 copos de farinha de arroz;
  • 2 copos de farinha integral;
  • 2 copos e meio de água morna;
  • 2 colheres de café de sal;
  • 2 colheres de sopa de óleo;
  • 2 colheres de azeite, primeira prensagem a frio;
  • 1 colher de sopa de mel;
  • 1 colher de sopa de fermento biológico;
  • 3 colheres de sopa de Quinua real em flocos;
  • 1 colher de sopa de aveia em flocos.

Dissolva o fermento num pouco de água morna. Adicione o mel e misture. Vá acrescentando as farinhas aos poucos mexendo no início com a colher de sopa e depois com a mão. Amassar bem por quinze minutos. Faça esta parte com os filhos, todos lavam a mão e em roda vão amassando o pão. Um amassa um pouco e joga para o outro, e assim vira um bom divertimento.

Deixe levedar até que dobre de tamanho. Forme os pães no tamanho desejado e deixe descansar por 30 minutos. Coloque no forno até dourar um pouco. Bom apetite.

Os ingredientes você, que está na cidade de São Paulo, encontrará na Cerealista Helena. Fica no centro da cidade na Rua Santa Rosa, número 149, pertinho do Mercadão Municipal. Nas sextas pela manhã passso por lá.

Os flocos da Quinua real contém proteina, ferro, fibras, cálcio, fósforo e outros elementos. A farinha de arroz não contém gluten e tem proteínas e vitaminas (por exemplo as do complexo B).
Por falar em comida, tenho 3 dicas de locais interessantes:

Padaria na Zona Norte de São Paulo: D’Art Pães e doces, na esquina da Avenida do Guaca com Rua Pestana. Nos finais de tarde você come um pedaço de pizza no balcão feita na hora (o rapaz que vai te servir é muito gente boa). O pão é muito bom. Normalmente passo por lá na quintas e domingos no final da tarde.

Ainda na Zona Norte: Pizzaria Santana Antiga (Rua Dom Henrique Mourão, pertinho da Conselheiro Moreira de Barros, logo no descidão à direita). Primeira pergunta que faço num pizzaria é se utilizam requeijão Catupiry mesmo. É meio caminho para a qualidade. O dono é que atende e está sempre bem humorado. Vale a pena conferir.

Na cidade Jarinu-SP, você pode encomendar uma massa de pizza muito boa na Quitanda do Glauco, feita pela Andréa. Disse-me o Zé Carlos, que não precisa nem do recheio. Aprovada pelo Bira. Utilize uma boa mussarela.

Trabalhos com peças produzidas na técnica Fusing

A Soliarte está incrementando sua linha de peças produzidas na técnica de Fusing (nos próximos dias teremos inúmeros modelos e em diferentes modos de comercialização). As peças poderão ser utilizadas nas técnicas de Bijuteria e Mosaico. Na técnica do Scrapbooking, também poderá ser utilizada como um detalhe especial numa página.
Na Bijuteria, você poderá colocá-las em colares e pulseiras. Outra utilização seria em anéis e brincos. Neste caso utilize uma base de latão: 

Mos2 

Mos1 

 http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=3&famil=93&group=77

Existe uma variedade grande de modelos de Fusing para a Bijuteria e Mosaico. As fotos abaixo mostram duas peças que com facilidade poderão ser coladas nas bases de Bijuteria acima apresentadas:

Mos4 

Mos3

http://www.soliarte.com.br/new/index.asp?categ=1&famil=75&group=214
No Mosaico, as peças em Fusing poderão compor trabalhos, combinadas com pastilhas de vidro em diversos formatos e tipos de produção.

Nesta peça o Fusing com Millefiori foi aplicado no centro da tampa da caixa:

mos2.jpg
Flores de Murano, com pastilhas de vidro no tamanho 1x1cm: 

 mos3.jpg
Novamente os Fusing em trabalho da técnica Mosaico: 

mos4.jpg

Os trabalhos de Mosaico acima foram desenvolvidos pela cliente da Soliarte e artesã, Rafaela Matsuoka, da cidade de Araras-SP.

Chipboard no Scrapbooking ou não

Os produtos para Scrapbooking são extremamente versáteis, podendo ser utilizados no Scrapbooking e várias técnicas artesanais.

O Chipboard é um tipo de papelão fino de 2 mm. Serve para dar altura em itens de um trabalho ou devido sua dureza para ser pendurado na parede, por exemplo.

Mostramos abaixo um trabalho de Altered Scrap.

Um exemplo de Chipboard (foto maior para mostrar os motivos):

Scrap1

Utilizamos um Chipboard for Scrapbooking com formatos de coração:

Scrap1

O coração maior do Chipboard utilizamos como base. Passamos cola acid-free (importante principalmente na montagem de folhas para álbuns, técnica scrapbooking):

scrap-111.jpg

Colamos um papel para scrapbooking vermelho (já acompanha o chipboard):

scrap-121.jpg
Decidimos utilizar os corações pequenos como moldura para uma foto:

scrap11.jpg

Passamos a carimbeira Cat Eyes como base para o Emboss:

scrap-4.jpg
Pó para Emboss:

scrap-5.jpg

A seguir utilizamos o aquecedor de Embos sobre o pó.

scrap-6.jpg

A foto ficará no formato do coração:

scrap-16.jpg

Para dar mais colorido ao coração maior, rasgamos um folha de papel para scrapbooking:

scrap-18.jpg

Cola acid-free:

scrap-19.jpg
Posicionando no coração:

scrap-22.jpg

Cortamos a palavra Vida de um papel para Scrap da Repeteco:

scrap-23.jpg

Com a carimbeira Cat Eyes fizemos a borda:

scrap-25.jpg

Um coração pequeno que recebe uma foto, também com borda feita com a carimbeira Car Eyes:

scrap-27.jpg

Fure os Chipboards para posicionar os corações e pendurá-lo na parede:

scrap-26.jpg

Agradecemos o auxílio da Carol, da cidade de Limeira-SP, na elaboração deste trabalho.